Introdução ao desenvolvimento de add-ons para o SAP Business One

March 13, 2019

                Antes de começar a falar de desenvolvimento, vamos dar um breve resumo sobre o que é o SAP Business One, popularmente chamado de B1.  Ele é um sistema ERP, vendido pela empresa alemã SAP, para pequenas e médias empresas. Considerado um ótimo custo benefício, por abranger grande parte do ecossistema da empresa, e por atualmente ser desenvolvido e vendido por uma das maiores empresas de software empresarial do mundo. Outro grande diferencial dele é a customização, que permite que os parceiros e clientes ampliem e modifiquem o B1, tanto via softwares de terceiros, quanto o desenvolvimento dentro do próprio sistema, os chamados Add-Ons.

                O SDK (System Development Kit), roda sobre a plataforma da Microsoft  .net, ou seja, para desenvolvermos os add-ons podemos utilizar as linguagens VB.net e C#. Os arquivos de instalação vêm no DVD do sistema.

                Existem duas APIs principais para o desenvolvimento dos add-ons, sendo elas a DI API (para manipular os dados do B1) e a UI API (para manipular as telas ou criar novas dentro do sistema). A DI API pode ser utilizada em vários sistemas, codificados em n linguagens, mas nessa série de artigos vamos nos aprofundar no desenvolvimento nativo dos programas para o B1.

Let’s Go

 

               Como vamos programar nativamente usando a plataforma .net, recomendo utilizar o Microsoft Visual Studio, com a versão de sua preferência. Lembrando que o plugin da SAP para nos ajudar a criar um projeto de addon, funciona até o Visual Studio 2012/2013.

 

 

  • Após instalar o Visual Studio e o plugin SAP Business One Studio for Visual Studio, vamos criar um projeto novo.

 

 

  • Ao criar um novo projeto com a template, a seguinte estrutura de arquivos é criada.

    Vamos descobrir o que cada classe criada representa.

     

     

  • Program.cs é a primeira classe chamada ao iniciar o addon:

 

No método main, é criado uma nova aplicação do b1 com a UI API. Logo após é chamada a classe de configuração dos menus.

  • Menu.cs é a classe onde são configurados os menus do aplicativo.

 

 

Ao disparar o evento de menu dentro do sistema, vai chamar o formulário correspondente, no caso do nosso projeto, será chamado o Form1.

 

  • Form1.b1f é o arquivo visual do formulário (tela)

Nesse arquivo são colocados os componentes da tela, como botões, grids, inputs em geral.

 

  • Form1.b1f.cs é a classe onde são manipulados os componentes do formulário (tela)

Parte lógica do formulário, nessa classe vamos criar os eventos e interações do usuário com a tela, e também chamar métodos para efetuarmos regras de negócio.​

Compilando

 

Ao compilarmos um projeto de addon do b1, com o client do b1 aberto, o menu é criado automaticamente.

 

 

Na próxima parte do artigo, vamos customizar nosso formulário, criar alguns eventos e buscar dados do SAP Business One. Até a próxima.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhar
Twitter
Please reload